• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Guimarães
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Montijo
  • Sintra
  • Torres Vedras
  • AKI Ermesinde
  • AKI Porto
A minha loja

Selecione a sua loja e descubra a disponibilidade dos produtos.

Lojas LEROY MERLIN

  • Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Guimarães
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Montijo
  • Sintra
  • Torres Vedras

Lojas AKI

  • AKI Ermesinde
  • AKI Porto
0 0,00€
0,00

Como instalar um extrator temporizado



01. Introdução 

As divisões húmidas como a cozinha necessitam de uma ventilação forçada para renovar o ar ambiente, eliminar a condensação e os maus odores. Na ausência de VMC, o extrator temporizado é a solução a ter em conta. Ligado ao circuito de iluminação ou controlado separadamente, foi concebido para funcionar durante um tempo definido, mesmo após desligar o interruptor de comando.

A sua realização em 4 etapas:

         - A escolha do aparelho (Passo 2)
         - Preparar o local (Passo 3)
         - Conectar a conduta (Passo 4)
         - Fixar, ligar, e ajustar o extrator (Passo 5)

02. A escolha do aparelho 

Um extrator deve ser escolhido em função de três critérios principais:

         - As possibilidades de instalação
         - O fluxo
         - O sistema de comando

O aparelho deve ser ligado a uma conduta de evacuação de diâmetro variável: 100 ou 120 mm na maior parte dos casos. A instalação pode ser feita na saída de uma parede ou teto, e mesmo de uma janela (modelo específico). O fluxo (em m3/h) define-se em função do volume da divisão. A capacidade dos extratores disponíveis no comércio varia ente 80/85 m3/h e mais de 350m3/h.
Para calcular o fluxo necessário, utiliza-se a fórmula seguinte: volume x Nr/h (Número de renovação por hora). O fabricante indica o coeficiente em Nr/h para cada divisão a equipar.
Por exemplo: casa de banho 6 a 9, cozinha 6 a 10, Wc 8 a 12...
Numa cozinha, é mais prático instalar um comando independente do circuito de iluminação. Permite acionar a ventilação a qualquer momento do dia sem consumir mais energia. É possível configurar o aparelho para uma ligação automática em função da taxa de humidade ou para um comando manual por interruptor ou cordão suspenso. A definição do temporizador permite determinar o seu tempo de funcionamento: de algumas dezenas de segundos até 30 minutos no caso de alguns modelos.
 
Tome nota!

O ruído de funcionamento é um outro critério de escolha importante na cozinha. Entre um aparelho emitindo menos de 30 dB (A) e outro ultrapassando os 45 dB (A), a diferença de conforto auditivo é bastante considerável. Se o nível sonoro não estiver indicado, tome cuidado...

03. Preparar o local 

                                

O orifício de evacuação deve ser ligeiramente maior do que o diâmetro de saída do extrator: por exemplo, 105 mm para uma saída de 100 mm. As instruções de instalação indicam o comprimento máximo a proporcionar à conduta de evacuação. O seu percurso deve ser o mais direito possível.
Determinar o local adequado e traçar com um compasso um círculo.
Para cavar uma alvenaria maciça, a ferramenta mais adequada é um trépano «a seco». Existem também trépanos profissionais (brocas) funcionando com água: maior grau de sujidade e bastante volumosos... Na ausência de um trépano de diâmetro adequado, perfurar (bem direito!) com uma broca de betão Ø 10 mm uma série de furos uns ao lado dos outros no interior do traço. Trépano ou broca, certifique-se de que a haste permite um comprimento útil de perfuração adequado à espessura a perfurar.
Para cavar um teto falso ou um revestimento em gesso cartonado, pode usar uma serra de coroa multidiâmetros (alguns alcançando 127 mm). Caso contrário, faça um furo tangente ao traçado e cortar com uma serra de recortes equipada de uma lâmina curta.
 
Tome nota!
Antes de perfurar uma alvenaria maciça, certifique-se de que não haja nenhuma conduta (água, eletricidade...) nesse local. De classe II, os extratores não precisam de ligação à terra. São apenas alimentados por dois condutores (fase e neutro) aos quais se deve adicionar o fio de comando da temporização proveniente do interruptor. Independentemente da evacuação ser de parede ou de teto, fazer sair os cabos junto ao recorte.

04. Conectar a conduta 

                                     


          - Virar e centrar o aparelho sobre a abertura para localizar os seus quatro pontos de fixação através dos seus quatro orifícios.
          - Perfurar o suporte e inserir as cavilhas adequadas ao material. Numa travessia de parede, é aconselhável selar uma manga de ligação (em PVC) compatível com o diâmetro da conduta. Para uma instalação em teto falso, este dispositivo não é obrigatório.
          - Introduzir a extremidade da conduta na saída do extrator.
          - Uma junta de espuma autoadesiva é muitas vezes fornecida com o aparelho para vedar a junção. O mesmo acontece para a ligação da conduta na saída de parede (exterior) ou telhado. Caso contrário, as fugas de condensação podem ao longo do tempo degradar a alvenaria. Como precaução, podemos reforçar a estabilidade com um anel de aperto.

05. Fixar, ligar e ajustar o extrator 

Fixar, ligar e ajustar o extrator




                                   
 

Passar os cabos elétricos através do orifício situado junto à tira de conexão e apertar o extrator nos quatro cantos.
A ligação elétrica é muito simples. A tira possui três terminais com a indicação L (Linha ou Fase), N (Neutro) e T ou Ls (Temporização ou Linha secundária). Basta conectar cada fio ao terminal correspondente.
A temporização está ligada a um circuito impresso protegido por uma placa adjacente à tira de conexão Para definir o tempo de funcionamento, basta rodar o potenciómetro (marcado com uma cruz) numa direção ou outra. Intervir com cuidado com a lâmina de uma pequena chave de fendas para evitar danificar o circuito impresso.

                                    

Depois de definir a temporização, colocar novamente a placa de proteção e encaixar a grelha de ar sobre a platina do aparelho. Para testar a instalação, basta colocar o extrator em funcionamento e colocar uma folha de papel fina sobre a grelha. Se a montagem estiver correta, a folha ficará colada sob o efeito da aspiração.

Tome nota!

As instruções de instalação incluem vários esquemas de ligação correspondentes a diferentes cenários. Nomeadamente, o comando por interruptor isolado ou acoplado com a iluminação. A segunda opção é especialmente válida para os Wc e casas de banho sem janela.