• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Guimarães
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Montijo
  • Sintra
  • Torres Vedras
  • AKI Ermesinde
  • AKI Porto
A minha loja

Selecione a sua loja e descubra a disponibilidade dos produtos.

Lojas LEROY MERLIN

  • Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Guimarães
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Montijo
  • Sintra
  • Torres Vedras

Lojas AKI

  • AKI Ermesinde
  • AKI Porto
0 0,00€
0,00

Como reparar uma persiana









01. Introdução 

As persianas das janelas tendem a estragar-se pelo uso continuado e com o passar do tempo. Deve verificar o seu funcionamento e fazer os arranjos necessários. As falhas mais frequentes são ao nível da fita, nas ripas e no puxador da fita. Também se deve verificar os suportes do eixo ou substituir alguma ripa que se tenha estragado, por exemplo, com o granizo.
  • O que precisa? (passo 2)
  • Como planificar o projeto? (passo 3)
  • Como desmontar a persiana? (passo 4)
  • Como substituir uma ripa partida? (passo 5)
  • Como instalar uma fita nova? (passo 6)
  • Um enrolador de fita novo (passo 7)

02. O que precisa? 

Materiais:
  • Puxador de fita novo
  • Moldura nova
  • Fita nova
  • Furador novo
  • Ripas de substituição
  • Pano de limpeza
  • Batente de persiana
 
Ferramentas:
  • Chave de parafusos em estrela
  • Chave de parafusos chata
  • Tesoura
  • Lâmina
  • Chave de fendas elétrica
  • Alicate
  • Fita métrica

03. Como planificar o projeto? 


 
Observe quais são as avarias que têm as suas persianas para comprar o correspondente material de substituição: se é só uma fita nova ou também se deve trocar o puxador da fita ou alguma ripa partida. Os suportes para o eixo também costumam ficar bastante danificados com o uso, pelo que deve verificar se há necessidade de os substituir. Na sua loja habitual da Leroy Merlin encontrará todos os acessórios necessários para efetuar a sua reparação.
Uma opção radical na hora de reparar as persianas pode ser automatizá-las. Existem duas formas possíveis: com um motor tubular no eixo ou através um motor que se acopla à fita da persiana. Pode-se programar a subida ou descida a determinadas horas do dia ou, com o sensor apropriado, que se abra ou feche automaticamente de acordo com a intensidade da luz recebida do Sol.

04. Como desmontar a persiana? 

Passo 1:
Retire a tampa da persiana. Poderá ter sido colocada com pressão, com juntas de estanquicidade ou aparafusada.


Passo 2:
Retire as fitas antigas ou faixas que prendem a última ripa ao eixo metálico da persiana.



Manter as persianas limpas
 
Quando for reparar uma persiana aproveite para efetuar uma boa limpeza. Uma vez desmontada, limpe ripa a ripa todo o pó e sujidade acumulados, muitas vezes simplesmente por contaminação. É fundamental para voltar a funcionar corretamente. Se houver alguma deteriorada, deve substituí-la.

Passo 3:
Desmonte a fita de recolha das persianas com uma chave de parafusos. Guarde os parafusos.



Passo 4:
Solte a fita antiga de onde está presa. Ajude com um alicate, de acordo com o método mais apropriado, com uma cunha no suporte metálico ou com um parafuso.



Passo 5:

Retire toda a fita da persiana desde o eixo, na parte de cima.



Passo 6:

Verifique o nível da posição do eixo, porque se estiver desnivelado poderá provocar problemas ao enrolar a persiana. Se estiver nivelado, marque o sítio dos suportes antigos, no caso de os ter de substituir.



Passo 7:

Retire o eixo da caixa da persiana. Limpe-o e retire a fita enrolada no eixo; muitas vezes acontece que a fita tem um nó. Corte-a, se for colocar uma fita nova.



Passo 8:

Se os suportes do eixo forem muito antigos ou estiverem deteriorados, coloque uns novos com rolamento, para que resistam mais e melhor ao eixo.

05. Como substituir uma ripa partida? 

Passo 1:
Se alguma ripa estiver partida, deve substituí-la por uma nova. Retire pelo lado a ripa estragada, até esta sair.



Passo 2:
Coloque uma ripa da mesma medida e cor até a encaixar no seu lugar.


Ripas de PVC ou alumínio
 
Existem diversos tipos de ripas. A sua qualidade define a eficiência de uma persiana. Para além de evitar a entrada de luz, é também aconselhável que tenha boas qualidades de isolamento, para assim poder reduzir o consumo energético. As mais comuns são fabricadas em PVC ou em alumínio. A largura de cada ripa varia e está relacionada com as dimensões da janela. Para uma janela maior, uma ripa maior. A forma das ripas também varia. Existem duas formas típicas: a curva e a reta, em qualquer um dos dois materiais. Existem, para além disso, ripas especiais em alumínio extrudido para conferir uma maior segurança às persianas. No momento de trocar uma ripa estragada, deve colocar uma nova do mesmo material, da mesma forma e largura.

Passo 3:
Se a ripa estragada for a última, a que está presa aos encaixes do eixo, deve retirar o seu sistema de suporte: umas peças apropriadas para as tiras ou para as fitas. Marque a posição dos novos encaixes na ripa nova, para que fiquem centrados. Use a ripa velha como guia.


 
 

06. Como instalar uma fita nova? 

Passo 1:
Volte a colocar a persiana no interior da janela, depois de a ter limpo e de ter substituído as ripas estragadas. Estique-a e introduza-a pelo buraco da janela na caixa, na posição correta de enrolamento.