• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra

Renováveis: as energias limpas e gratuitas

                           

01. Introdução 

O sol e o vento proporcionam uma energia limpa, verde, gratuita e sobretudo inesgotável. Portugal é um país privilegiado para a geração e obtenção de energia eólica e solar. As horas de sol superam em média 2.500 h/ano, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística. 

Se tivermos em conta as atuais reservas de não-renováveis, como o petróleo, que só asseguram o fornecimento para os próximos 120 anos, as energias renováveis ​​não só se apresentam como o substituto energético lógico mas também como a aposta de futuro mais forte que existe atualmente. Tais fontes ilimitadas também são conhecidas como energias verdes, porque não deixam resíduos ou não emitem gases poluentes. Para cada kW de eletricidade produzida por painéis solares ou aerogeradores poupam-se 800 kg de emissões de dióxido de carbono anualmente. Além dos seus benefícios ambientais, os aerogeradores e os painéis fotovoltaicos oferecem uma solução cómoda e simples para garantir o fornecimento de energia em zonas isoladas ou de difícil acesso onde a rede elétrica não chega como áreas rurais de baixa densidade populacional, barcos ou caravanas. Além disso, a autossuficiência energética implica um investimento muito inferior em relação à instalação de linhas elétricas nos locais afastados. A resistência e durabilidades é outra das grandes vantagens destes equipamentos cuja vida útil é superior a 25 anos.

          - Tipos de energias renováveis (Passo 2)
          - Que tipos de instalação elétrica de uso particular podemos encontrar? (Passo 3)
          - Como escolher um equipamento de energia renovável? (Passo 4)
          - Aplicações das soluções de energia solar e eólica (Passo 5)
          - Como funcionam os sistemas de iso doméstico (Passo 6)
          - Determine a dimensão da sua instalação em 5 passos (Passo 7)
          - Cuidado e manutenção das instalações de energia renovével (Passo 8)

Em suma


         - As instalações domésticas de energias renováveis proporcionam eletricidade e água quente sanitária.
         - São uma solução perfeita para garantir o fornecimento elétrico nas zonas mais isoladas, onde a rede elétrica não existe. Existem instalações portáteis que podemos transportar para usar em atividades ao ar livre.
         - Os projetos híbridos (que combinam painéis solares e aerogeradores) garantem uma produção de energia estável.
         - O primeiro elemento a ter em conta para escolher uma solução é quanta energia vou precisar por dia em watts/hora.

02. Tipos de energias renováveis  

Tipos de energias renováveis

Solar: Este tipo de energia é obtido através da recolha e aproveitamento da radiação solar. Dentro da energia solar podemos estabelecer uma classificação consoante é utilizada para produzir eletricidade ou calor (aquecer água).
         - Solar térmica: Utiliza os raios do sol como fonte de calor.
         - Solar fotovoltaica: Permite produzir eletricidade a partir da luz solar. 
 
Eólica: Converte a energia cinética contida nas massas de ar em eletricidade através de um aerogerador. 
 
Hidráulica: Transforma em energia elétrica a energia mecânica de um curso de água.

Geotérmica: Produz energia a partir do calor armazenado debaixo da superfície terrestre. 
 
Energia do mar: Aproveita a energia das ondas, marés, correntes marítimas e a diferença de temperatura entre as profundidades e a superfície oceânica para criar energia.  
 
Biomassa: Recurso energético que é obtido a partir da fração biodegradável dos produtos, detritos e resíduos de origem orgânica.