• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras
A minha loja

Selecione a sua loja e descubra a disponibilidade dos produtos.

  • Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras
0 0,00€
0,00

Saiba como escolher um tratamento de água para beber



01. Introdução 

água potável é um bem escasso, que no entanto pode ser otimizado através dos diferentes sistemas de tratamento de água existentes.
Para o benefício do meio ambiente e para melhorar a qualidade da água que consumimos nas nossas casas, podemos adquirir alguns hábitos que irão permitir poupar e reciclar, reutilizando-a nomeadamente noutras zonas da casa como o jardim, a horta, e até mesmo na eliminação de resíduos.
Além disso, a água está tão presente no nosso dia-a-dia que raramente nos perguntamos se realmente sabemos o que estamos a consumir quando abrimos a torneira. 

          - Em que consiste o tratamento de água? Como proceder? (Passo 2)
          - Qual é a tipologia da água? Como é distribuida por região? (Passo 3)
          - Produtos para tratar a água (Passo 4)

02. Em que consiste o tratamento de água? Como proceder? 

Em que consiste o tratamento de água? Como proceder?

Para  realizar um tratamento da água na sua própria casa, deve ter algumas noções prévias sobre as possibilidades que existem e assim aplicar a mais adequada em função das suas necessidades e problemas:

1.Tratamento de Descalcificação:

A água natural contém componentes tais como cálcio e magnésio que, em grandes quantidades, revelam-se prejudiciais. Existem aparelhos que removem o cálcio e o magnésio da água, chamados descalcificadores. Estes aparelhos funcionam através de resinas de permuta iónica, que se destinam a substituir o cálcio e o magnésio da água por sódio. Assim, consegue-se obter sais que não ficam incrustados nas canalizações e que não são perigosos para a saúde.  É ideal para manter em boas condições os eletrodomésticos, nomeadamente a chaleira, a máquina de lavar louça, a máquina de lavar roupa, etc. 

2.Tratamento de Filtração:

Este processo consiste em separar os componentes minerais em suspensão de um líquido através de um objeto poroso que consegue reter os elementos que devem ser removidos da água. Podemos encontrar uma grande variedade de filtros que abrangem desde de mecanismos mais complexos a sistemas muito mais simples e a sua escolha deve depender da dureza da água a ser tratada. Os mais simples, como por exemplo as jarras com filtro, são ideais para remover as impurezas da água que irá ser consumida. Outros mais complexos, colocados na tomada de água, abrangem um leque mais amplo do percurso da água e evitam outros problemas derivados do excesso de cal e sedimentos.
 
3.Tratamento de Ultrafiltração:

A principal vantagem deste sistema é a eliminação completa dos vírus, bactérias e sais. Além disso, elimina o odor e o sabor.  Requer um uso mais continuado já que depois de instalado, a membrana tem um período mínimo de um ano de utilização. Dependendo de onde ficar instalado ou do tipo de água a tratar, este sistema de ultrafiltração pode requerer algum tratamento adicional para preservar as membranas que filtram as substâncias da água. 
 
4.Tratamento por Osmose:

De um modo geral, a osmose é um processo físico de suspensão dos elementos sólidos nos líquidos. Tem a particularidade de ser o mais eficiente de todos os sistemas de tratamento de água. Realiza uma dessalinização absoluta e elimina bactérias, odor e sabor. A instalação da membrana pode durar até dois anos. É o mais completo de todos, preserva a qualidade da água consumida e também evita os inconvenientes causados pelos sedimentos no sistema de canalização, particularmente adequado para casas com jardim.

SISTEMA     CARACTERÍSTICAS MANUTENÇÃO SISTEMA CARACTERÍSTICAS MANUTENÇÃO
Sistema de osmose inversa (R0)
Em poucos minutos consegue uma água mais clara com sabor neutro e agradável.
Etapa 1: pré-filtro de sedimento 5 micras. Etapa 2: 2 filtros de carvão ativo. Etapa 3: membrana osmótica Etapa 4: depósito pressurizado de 10 litros. Etapa 5: pós-filtro de coco.                             
 Substituir o cartucho a cada 6.000 litros ou 6 meses (o que ocorrer primeiro). A membrana
osmótica substitui-se a cada 2 anos ou depois de ter filtrado 6.000 litros, consoante a pressão e a dureza da água.                      
 Sistema de    ultrafiltração
 Filtração em 4 etapas que liberta a água de odores, sabores, gases e substâncias solúveis. Não rejeita a água nem requer nenhum depósito.            Substituir o    cartucho a cada  6 meses e a  membrana  todos os anos.

03. Qual é a tipologia da água? Como é distribuída por região? 

Qual é a tipologia da água? Como é distribuída por região?

É aconselhável saber os tipos de água que existem dependendo das regiões e qual é a dominante no nosso local de residência:
Água macia ou média: Baixa concentração de minerais.
Água dura e muito dura: Águas carregadas de minerais, sedimentos e bactérias.
Quer saber a qualidade da água que consome? Pode fazê-lo realizando alguns testes de dureza ou utilizando analisadores de pureza. Com um kit analisador da pureza da água, é tão simples como recolher uma amostra de água num tubo de ensaio e verter, em seguida, o conteúdo do frasco contendo a solução reativa.  Em poucos segundos, irá indicar-lhe a dureza da água testada.
Por outro lado, o teste de dureza da água consiste em mergulhar uma tira num copo de água da torneira e observar a cor que aparece. Em seguida, basta compará-la com o código de cores do teste para ver de que tipo de água se trata.

                                              

04. Produtos para tratar a água 

Produtos para tratar a água

Para cada um dos tratamentos de água explicado e para cada tipologia de água, existe uma grande variedade de produtos que pode usar e que melhoram consideravelmente a qualidade da água.

1. Para águas macias e médias, as opções mais adequadas são as seguintes: 

Jarra filtrante. É muito prática e contém um filtro que remove o cloro e outros sedimentos. Além disso, possui um indicador que permite saber quando os filtros devem ser substituídos.
Filtro no cano. Pode colocar este filtro na saída da torneira para remover o sabor do cloro e cal. Tem uma duração mínima de três meses e pode conservar-se até um ano, dependendo de fatores como a frequência de uso, o número de membros da família, etc. 
Dispensador. Deve conectá-lo diretamente à tomada de água para fornecer água filtrada de forma continuada. Pode usá-lo para encher copos, mas também tem um adaptador de garrafa.
 
2. Para a água dura é recomendado o uso de produtos como estes: 
 
Sistema de osmose e ultrafiltração. Será muito útil para um uso contínuo. É instalado debaixo da pia diretamente na tomada de água. Este produto filtra a água em quatro etapas através dos quatro cartuchos que o sistema tem incorporado e que deve substituir a cada seis meses. A membrana só deve ser substituída uma vez por ano.
Sistema de osmose inversa É sem dúvida o mais eficaz e filtra em cinco ou seis etapas, eliminando todo o tipo de sujidades, além de odores, metais e nitratos. Não terá que se preocupar com a mudança dos filtros por um período até dezoito meses, e a membrana a cada um ou dois anos.

                                             PRODUTOS PARA TRATAR A ÁGUA

 
                                                     ÁGUAS MACIAS E MÉDIAS


Jarra filtrante


Filtro de cano
 

Dispensador
                                                               ÁGUAS DURAS




Sistema de osmose e ultrafiltração



Sistema de osmose inversa