• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras
  • AKI Ermesinde
A minha loja

Selecione a sua loja e descubra a disponibilidade dos produtos.

Lojas LEROY MERLIN

  • Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras

Lojas AKI

  • AKI Ermesinde
0 0,00€
0,00

faça você mesmo

Como escolher um aquecimento pontual

Ao contrário de um aquecimento central que aquece a habitação a partir de um só gerador, o aquecimento pontual é autónomo e permite aquecer independentemente cada divisão.

  • 01. Porquê escolher um aquecimento pontual
    O aquecimento pontual é um aparelho independente e não pode de modo algum ser equivalente a uma instalação de aquecimento central. No entanto, em certos casos, um emissor independente pode ser suficiente.
     
  • 02. No caso de um complemento à instalação central
    Quando as temperaturas começam a baixar, após o verão, um complemento ao aquecimento pode tornar-se necessário para evitar ligar a instalação central. Um aquecimento pontual nas casas de banho ou nas grandes divisões pode ser agradável durante as mudanças de estação.
    Por outro lado, quando a habitação é grande, um complemento ao aquecimento central pode ser valioso em certas divisões.
  • 03. No caso de uma extensão da habitação
    Uma divisão suplementar na habitação, a restauração das águas-furtadas?
    Por vezes uma instalação pontual pode ser uma opção mais económica do que uma extensão da instalação central. Menos obras para uma utilização ocasional, o aquecimento pontual é então uma aposta segura.
  • 04. No caso de um equipamento total, sem instalação central
    Para as habitações mais pequenas ou casas de férias, uma instalação pontual pode tornar-se mais económica uma vez que não é necessário instalar qualquer rede ou caldeira.
  • 05. Como calcular o volume de aquecimento necessário?
    O cálculo do volume de aquecimento consiste em multiplicar a altura, a largura e a profundidade da divisão a aquecer.

    Altura X largura X profundidade = Volume de aquecimento necessário

Esta página ajudou?

Sim Não