• Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras
  • AKI Ermesinde
A minha loja

Selecione a sua loja e descubra a disponibilidade dos produtos.

Lojas LEROY MERLIN

  • Albufeira
  • Alfragide
  • Almada
  • Amadora
  • Aveiro
  • Braga
  • Coimbra
  • Gaia
  • Gondomar
  • Leiria
  • Loulé
  • Maia
  • Matosinhos
  • Sintra
  • Torres Vedras

Lojas AKI

  • AKI Ermesinde
0 0,00€
0,00

faça você mesmo

Saiba como escolher um climatizador evaporativo

Os climatizadores evaporativos são dispositivos portáteis, fáceis de manusear, que permitem a sua utilização tanto dentro como fora de casa.

  • 01. Introdução
    A função dos climatizadores evaporativos é climatizar uma divisão usando água para resfriar o ar. 

              - Vantagens (Passo 2)
              - Onde colocá-lo (Passo 3)

    Em resumo

                - Indispensável uma boa ventilação. Os climatizadores evaporativos devem ser usados em espaços com portas e janelas abertas para renovar o ar, impedir a acumulação de humidade e ser eficientes.
                - É necessário encher o depósito de água para que o processo de evaporação ocorra.
                - Quanto mais calor e menos humidade estiver, mais baixa será a temperatura alcançada pelos aparelhos de ar condicionado evaporativos.

    A primeira coisa a ter em conta é que um climatizador evaporativo não é um ar condicionado. Os climatizadores são sistemas de arrefecimento do ar por evaporação, isto é, que arrefecem a temperatura do ar por meio de água graças a um depósito de água e gelo.

    O aparelho de climatização absorve o ar da divisão que passa por um filtro húmido e é transformado em ar fresco para ser expulso na divisão através de um ventilador.

    Processo interno de um climatizador evaporativo
  • 02. Vantagens
    As principais vantagens destes climatizadores são as seguintes:

    - São portáteis, fáceis de manusear e, portanto, não requerem instalações nem obras.

    - O consumo é menor em relação aos aparelhos de ar condicionado (podem permitir uma poupança até 80 % de energia em comparação com o uso de um aparelho de ar condicionado). O gasto oscila entre 60 e 180 Watts, dependendo do modelo.

    Não usa gás refrigerante.

    - Além disso, os climatizadores humidificam o ambiente.

    Elimina a eletricidade estática da atmosfera.

    Renova o ar interior por um ar mais limpo, fresco e filtrado, evitando fumos e odores.
  • 03. Onde colocá-lo
    Os climatizadores evaporativos são recomendados para casas com um clima seco e quente. É contraindicado para espaços com muita humidade. De facto, é necessário ventilar a divisão com frequência para evitar a condensação de humidade e para que o climatizador possa resfriar o ar novo repetidamente.

    Essa ventilação contínua da divisão permite expulsar o ar quente e viciado e impede a entrada de pó proveniente do exterior.

    - Em climas secos podem reduzir a temperatura entre 10 e 12 graus.

    - Em climas húmidos, entre 5 e 7 graus.

    Neste sentido, quanto mais seco for o ambiente, maior será o arrefecimento e, por conseguinte, maior será também o consumo de água.

    O critério que deve ter em conta ao decidir-se por um climatizador evaporativo é se precisa dele para o interior ou exterior da casa e os metros quadrados a climatizar.

    - Para uma divisão entre 0 e 15 m² precisa de um climatizador de 100 W.

    - Para uma divisão de 20 m² (por exemplo uma sala) basta um climatizador de 150 W.

    - No caso de querer climatizar o exterior, é necessário um aparelho com maior potência e uma tomada para ligá-lo. Alguns modelos permitem ligar diretamente uma mangueira para o abastecimento em água.

    É necessário efetuar uma inspeção e limpeza anual do depósito de água. Recomenda-se ainda uma última inspeção do aparelho no final da temporada de utilização.

Esta página ajudou?

Sim Não