Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Como fazer a manutenção dos seus radiadores

1. Introdução

Os radiadores de água do aquecimento da casa requerem revisões anuais para que o funcionamento do sistema seja o mais correto. A revisão e manutenção pode ser feita por si sem dificuldade e em muito pouco tempo.

  • O que precisa? (passo 2)
  • Como planificar o projeto? (passo 3)
  • Como purgar um radiador? (passo 4)
  • Como trocar um purgador? (passo 5)
  • Como trocar o radiador? (passo 6)
  • Como trocar as juntas das tampas? (passo 7)

 

2. O que precisa?

Materiais:

  • Purgadores
  • Detentores
  • Chaves de radiador
  • Tampas cegas
  • Tampas redutoras
  • Juntas para radiadores
  • Teflon
  • Fio de cânhamo


Ferramentas:

  • Chave de parafusos chata
  • Chave inglesa
  • Alicates de pontas
  • Chave de fendas

3. Como planificar o projeto?

Nas lojas Leroy Merlin pode encontrar todos os materiais de substituição, ferramentas e elementos que necessite para reparar ou manter o bom funcionamento dos radiadores e do sistema de aquecimento.

Preveja quais as peças que lhe irão fazer falta, para além dos materiais. E, muito importante, se vai substituir tampas de um radiador deve lembrar-se se é a da direita ou a da esquerda, para comprar as adequadas.

4. Como purgar um radiador?

Deve-se verificar os purgadores todos os anos, antes de começar o período de utilização do aquecimento. Quando o circuito funciona bem, poupa-se em aquecimento. Se algum dos radiadores estiver a fazer barulho como água a cair ou não aquecer bem, ou não aquecer de maneira uniforme todas as partes, poderá ser um problema de ar no próprio radiador. Atue sobre aquele em que detetar o problema, mas também nos outros.
 
Passo 1:
Ligue o aquecimento e deixe passar uns 15 minutos, até que os radiadores aqueçam. A seguir abra o purgador de cada radiador. Faça-o com uma chave de parafusos de ponta chata ou com uma moeda. Abre-se sempre para a esquerda. Prepare um copo vazio ou um recipiente para recolher a água que possa sair.

 

 

Passo 2:
Se houver ar no radiador irá ver borbulhas a sair ao mesmo tempo que a água. Quando já só sair água, comece a fechar o purgador.

 

Passo 3:
Verifique depois a pressão que existe no painel correspondente da caldeira. Se vir que baixou deve aumentar o caudal de água até obter o nível recomendado para a sua caldeira. Deve verificar a pressão a frio, para que esteja na posição recomendada pelo fabricante, portanto com o aquecimento desligado. Se a pressão estiver baixa, deve colocar água no circuito abrindo a chave correspondente, a da própria caldeira ou as chaves de enchimento externas de outros sistemas como nas instalações de gasóleo ou no sistema de aquecimento com termoestufa, por exemplo.

 

 

Se a pressão estiver alta:
Se a pressão estiver demasiado alta, deve-se retirar pressão tirando água do circuito. Pode fazê-lo abrindo a chave de saída, se a tiver instalada num radiador ou em algum ponto baixo do circuito, ou abrindo um purgador até que a posição da pressão esteja entre os níveis limites recomendados pelo fabricante.
 
Momento adequado para purgar os radiadores:
 Recomendamos que se purguem os radiadores com a caldeira a funcionar em modo de aquecimento para que a bomba movimente a água do circuito e ajude a retirar o ar. Não convém fazê-lo quando a água estiver muito quente ou com demasiada pressão no circuito para evitar queimaduras, pois a água pode estar a uma temperatura muito alta.

 

5. Como trocar um purgador?

Passo 1:
Se um purgador estiver a perder água, estiver com tinta em cima obstruindo a saída, ou não o puder purgar, é recomendável trocá-lo por um novo. Feche a chave do radiador simplesmente com a mão. Assim a água não entrará no circuito.

 

 

Passo 2:
Feche o detentor. Neste caso o mais provável é ter de o fazer com uma chave sextavada, ainda que nalguns modelos seja possível fazê-lo com uma chave de parafusos. Aperte com a chave até que o circuito fique fechado.

 

 

Passo 3:
Abra o purgador que vai substituir. Notará que já não há pressão e apenas sairá água já que por estarem fechadas as chaves, não há pressão do circuito. Ponha um copo ou recipiente por baixo no caso de sair alguma água para não verter no solo.

 

 

Passo 4:
Com uma chave inglesa afrouxe o purgador. Termine de o retirar desenroscando com a mão.
 

 

Passo 5:
A reparação é muito simples. Assegure-se que o purgador novo tem a sua junta circular, para que tenha uma estanquicidade perfeita. Também é necessário que tenha a mesma secção; a mais comum é a de 1/8 de polegada.

 

 

Passo 6:
Coloque com a mão o purgador novo e aperte com a chave inglesa pequena. Ao máximo, mas sem forçar demasiado.

 

 

Passo 7:
Os purgadores manuais têm uma pequena válvula que é normalmente orientável. Uma vez apertado o purgador, pode orientá-lo para baixo ou para o lado com a mesma chave inglesa. Assim, quando tiver de o purgar, a água poderá ser recolhida num recipiente sem sujar.

 

 

Passo 8:
Depois de o colocar na sua posição, deve abrir a torneira de passagem e o detentor, verificar se não há fugas e purgar o radiador, pois é provável que tenha entrado ar ao trocá-lo. Verifique a seguir a pressão na caldeira.
 

 

O purgador automático:
O purgador automático serve para que a função de retirar as borbulhas de ar do circuito se faça por si própria, sem ser necessário que você o faça. É uma boa solução e convém ter um purgador automático naqueles radiadores colocados a um canto, por exemplo, onde não há espaço para purgar comodamente de modo manual. Também nos radiadores que estejam na parte mais alta do circuito. O purgador automático dispõe de uma boia que fecha por completo a passagem de água quando não há ar. Quando existe ar no seu interior, deixa aberta uma pequena válvula para que o ar não saia de uma forma automática. Se optar por colocar um purgador automático deverá fechar o circuito do radiador, desenroscar o antigo e colocar o novo, neste caso já sem a tampa redutora, pois tem uma medida standard da rosca dos radiadores habituais e junta de estanquicidade.

 

 

Mudar a torneira, o detentor ou o radiador:
Para trocar uma torneira defeituosa ou o detentor, deve-se esvaziar o circuito de aquecimento e quando estiver solucionado o problema, voltar a enchê-lo na pressão certa. Se tiver de trocar um radiador estragado por um novo, só terá de fechar a torneira e o detentor e desmontá-lo sem necessidade de esvaziar todo o circuito.
 
Verifique a instalação durante o Verão:
Os trabalhos de verificação de uma instalação de aquecimento e a manutenção dos radiadores podem perfeitamente ser feitos no Verão. Em qualquer caso, sempre antes que chegue a temporada de utilização do aquecimento. Será muito mais fácil e terá a instalação pronta para quando for necessária.

 

6. Como trocar um radiador?

Na hora de trocar um radiador por outro sem modificar a instalação, deve escolher o mesmo modelo ou similar, para que a altura da torneira de entrada e a do detentor coincidam. Também deve manter a mesma largura, o mesmo número de elementos, para que também não seja necessário modificar a instalação.
 
Passo 1:
Feche a torneira de enchimento do radiador e o detetor correspondente.

 

 

Passo 2:
Com uma chave inglesa grande ou de fendas afrouxe as porcas que unem o radiador à torneira e ao detentor. Enquanto afrouxa, segure com outra chave inglesa a outra porca para não provocar avarias.

 

 

Se um ou mais radiadores não aquecem bem:
Poderá ser devido ao ar que está no seu interior, pelo que é necessário purgá-los. Também se poderá regular abrindo ou fechando um pouco os detentores, por onde a água do radiador regressa ao circuito. O normal é que os radiadores mais afastados da caldeira tenham a passagem mais aberto do que aqueles que estão no princípio do circuito. Regule a abertura ou fecho com a chave sextavada.
 
Passo 3:
Já pode desmontar o radiador. Procure ir retirando a água que ainda tem aos poucos e verta-a para um recipiente. Não retire totalmente a torneira do detentor enquanto a água estiver a sair. Se for uma instalação monotubo poderá ter uma torneira e detentor num só elemento: o radiador soltar-se-á se desenroscar essa torneira.

 

 

Conselho:
De acordo com o modelo e o fabricante, algumas torneiras e detentores já trazem uma junta que evita fugas de água quando se apertam. Mas se não tiverem deve-se agir de acordo com o método tradicional do fio de esparto enrolado nas roscas das torneiras e dos detentores. Em contacto com a água e com a pressão consegue-se uma boa estanquicidade. Outra opção é usar fio de teflon. Recorde que existem também torneiras e detentores para soldar ou bicones, que não necessitam de soldadura para os unir à tubagem que chega do circuito. Basta escolher os mais apropriados para o diâmetro do tubo.

 

7. Como trocar as juntas das tampas?

Os radiadores de alumínio têm umas juntas planas específicas para este material; umas são cegas, fecham completamente o orifício e outras redutoras, que recebem dispositivos como a torneira, o detentor ou o purgador manual. Se houver fugas, experimente primeiro apertando, mas se estiverem estragadas deverão ser trocadas. Para isso terá de desmontar o radiador. Se os seus radiadores forem de outro material diferente ao de alumínio, terá que colocar as juntas apropriadas.
 
Passo 1:
Desmonte o radiador e desenrosque as tampas cegas ou as tampas de redução que suportam a torneira, o detentor ou o purgador manual com uma chave inglesa grande.

 

 

Passo 2:
Limpe a saída do radiador. Sobretudo se for novo, convém passar uma lâmina pelas bordas para retirar pequenas aderências ou restos de esmalte para que não interfiram na junta.
 

 

Passo 3:
Coloque as juntas novas e ponha a tampa no seu lugar. Se for substituir as tampas lembre-se em que posição estavam, antes de as comprar, pois as roscas e direita e de esquerda são diferentes na maioria dos radiadores de alumínio; não servem umas para as outras.

 

 

Mantenha os radiadores limpos!!
 Os radiadores devem estar sempre limpos de pó ou de qualquer sujidade. É recomendável que seja assim para que o rendimento seja o melhor na hora de aquecer a casa. Limpe com um pano ligeiramente húmido toda a superfície de cada radiador, especialmente nas juntas de cada um dos módulos.

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou