Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Como fazer a manutenção de uma torneira misturadora

1. Introdução

Prolongue a vida útil da sua torneira misturadora seguindo estes conselhos simples.

As torneiras são elementos vitais da canalização da nossa habitação. Infelizmente, temos tendência a esquecê-las até elas começarem a pingar ou a ficarem danificadas.
Seguem então alguns conselhos simples de manutenção que irão ajudá-lo a conservar no tempo as suas torneiras misturadoras e substitui-las quando for necessário.

2. Ferramentas

3. Elementos de uma torneira misturadora

A torneira misturadora é uma torneira com dois manípulos através dos quais é regulado de forma independente o caudal de água fria e quente até alcançar uma água à temperatura desejada. 

Antes de entrar na descrição das operações de manutenção de uma torneira misturadora, observar no gráfico seguinte quais são as peças que habitualmente a constituem.

4. Conselhos gerais

- Se limpar a torneira de forma superficial e a secar após cada utilização evita que as gotas de água ao secar deixem sedimentos, tornando-a menos estética.

- Para realizar uma limpeza mais profunda (manchas residuais ou de calcário), utilizar um sabão neutro e uma esponja. Passar com suavidade a esponja sobre a superfície da torneira, em seguida enxaguá-la e secá-la com um pano para terminar. Isto é o suficiente para que a sua torneira fique a brilhar, embora existam produtos específicos para que os cromados conservem a sua beleza. 

- Não utilizar produtos abrasivos, elaborados normalmente a base de ácidos e amoníaco, para limpar as torneiras cromadas.

- Verificar de vez em quando se o castelo não está obstruído por calcário. Se estiver, limpe-o com um produto anticalcário. 

- Se a água fluir mal, proceder a uma limpeza do prelator ou do difusor.

- Se a torneira pingar, substituir o vedante furado de borracha.

- Se sair água pela união do manípulo com o corpo da torneira, substituir a junta do castelo.

- Se a torneira perder água pela união entre o cano e o corpo da torneira, substituir as juntas tóricas.

5. Operações de manutenção

Nos parágrafos seguintes descreve-se passo a passo como limpar o prelatore substituir as juntas e os vedantes furandos de borracha. Pode completar esta informação consultando nesta mesma página outras fichas dedicadas à substituição e manutenção de torneiras.

Limpar o prelator ou o difusor

O prelator de uma torneira tem várias funções: 

1. - Uma função ecológica, uma vez que faz com que a torneira consuma menos 8 litros por minuto (para pressões de trabalho de 1 a 3 bars de pressão dinâmica do circuito) e menos 9 litros se a pressão estiver situada entre 3 e 5 bars.

2. Serve como filtro, porque impede a passagem dos sedimentos transportados pela água.

3. Orienta corretamente o jato de água, proporcionando-lhe ar e evitando os salpicos. 

Para efetuar a sua limpeza, seguir estes passos:

1. Desmontar o difusor com a ajuda de uma chave. Apoiar a chave nos entalhes da peça para facilitar a sua desmontagem. Para não o riscar, usar um pano entre a chave e o quebra-jato.

2. Uma vez desmontado, retirar as grelhas do seu interior e limpá-las com água e uma escova pequena. Para eliminar as partículas mais incrustadas, pode utilizar um alfinete ou uma agulha.

3. Se estiverem muito obstruídas e não conseguir limpá-las, pode optar por substituir as grelhas.

4. Para voltar a montar o difusor na torneira, utilizar novamente a chave e o pano. Não apertar demasiado.


Substituir as juntas do castelo e os vedantes furados de borracha

Em primeiro lugar, desmontar o castelo. Para esse efeito, seguir estes passos:

1. Retirar o índice do manípulo introduzindo uma chave de fendas no entalhe e fazendo alavanca como indicado na ilustração.

2. Depara-se com um parafuso que fixa o manípulo ao castelo.

3. Desapertar este parafuso com a ajuda de uma chave de fendas.

4. Retirar o manípulo e, como indicado na ilustração, utilizar uma chave para desapertar o castelo.

5. Extrair o castelo e substituir a junta por uma nova de tamanho e diâmetro idênticos. Não esquecer de cobrir a junta com uma massa de silicone antes de voltar a colocá-la. Caso não tenha uma junta nova, tentar limpá-la. 

6. Aproveitar para verificar o estado do vedante furado de borracha, situada na extremidade do castelo e, caso esteja deteriorado, proceder à sua substituição. 

7. Para terminar, voltar a montar o castelo, o manípulo e o índice.


Substituir as juntas de vedação

Caso saia água pela união do cano com o corpo da misturadora, proceder à substituição das juntas tóricas seguindo estas indicações:

1. Desapertar a porca da base do cano com uma chave ou com um alicate de pressão. Evitar danificar o cromado intercalando um pano entre a ferramenta e a porca.

2. Após ter desapertado o cano, substituir as juntas de tóricas por umas novas de mesma dimensão e diâmetro. Cobri-las com uma massa de silicone, de modo a conseguir uma perfeita estanqueidade. 

3. Para terminar, voltar a colocar o cano da torneira, apertando a porca sem esforçar.
 

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou