Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Saiba como decorar a sua casa de banho e evitar os salpicos

1. Introdução

As cortinas de duche cumprem duas funções básicas: uma utilitária, evitando que a água se espalhe pela casa de banho ao usar a banheira ou o duche; e outra, decorativa, ao ser um dos acessórios mais vistosos dentro da casa de banho.

         - Material (Passo 2)
         - Fixação (Passo 3)
         - Manutenção e limpeza (Passo 4)

Em resumo


         - O padrão é muito importante na hora de escolher a cortina porque irá marcar o estilo que quer dar à sua casa de banho.
         - Existe uma ampla variedade de materiais de cortinas de duche: poliéster e PVC, entre outros.
         - Em função das suas preferências pode optar por uma das opções de fixação da cortina: as tradicionais argolas, com presilhas ou com uma argola cuja principal vantagem é poder retirar e colocar a cortina mais rapidamente.

As cortinas de duche reinventam-se e mantêm-se ao longo do tempo por ser uma opção económica, fácil de instalar, e oferecer uma ampla variedade de modelos que combinam com todo o tipo de ambientes e estilos: tradicionais, modernos, infantis...

Em função do estilo, pode escolher entre uma cortina lisa ou estampada, monocromática ou com várias cores, com ou sem textura… basta substituir a cortina de duche para renovar a sua casa de banho.

2. Material

As principais funções que as cortinas de duche devem cumprir são a impermeabilidade e a resistência ao bolor.

Na hora de escolher, ter em conta as vantagens que cada material oferece.

 

 

- Tecido têxtil (poliéster). Destacam-se pelo seu toque natural e pela sua facilidade de limpeza. Pode lavá-la na máquina de lavar a 30 graus.

 - Tecido plástico (PVC, vinilo, EVA, PEVA). A opção mais impermeável e resistente ao bolor.

Em termos de prestação das cortinas de duche, recomenda-se as de plástico com um tratamento antiestática para evitar que a cortina se cole ao corpo. Para as cortinas têxteis é aconselhável incluir um tratamento impermeável adicional para melhorar a resistência à humidade.

Também pode optar por combinar dois tipos de cortinas: uma de tecido de plástico para o interior da banheira que funciona como forro, e outra, de fibras naturais para proporcionar a estética pretendida.

3. Fixação

Existem diferentes modelos para fixar a cortina de duche ao varão. O principal é o conforto de abertura e a facilidade de retirar e colocar a cortina para lavá-la.

 -  Existem as argolas, que são o método standard. Permitem fixar a cortina ao varão através de uma argola com um clique para abrir e fechar.

 -  É conhecido como argola rápida o sistema no qual as argolas são colocadas diretamente sobre o varão Destaca-se pelo seu conforto e simplicidade.

 -  E existem as presilhas que são uma tira da cortina (bainha) que sobressai e que permanece na parte superior para a introdução do varão no seu interior. Este sistema é desprovido de argolas, fixando-se diretamente ao varão.

 

 

4. Manutenção e limpeza

A casa de banho é uma das divisões da casa mais difícil de limpar. A humidade, as mudanças de temperatura e o uso elevado que é feito dela repercutam-se nas cortinas de banheira ou duche. Daí a importância de cuidar e manter as cortinas em perfeito estado.

Conselhos para cuidar das suas cortinas:

Ventilar a casa de banho ao longo do dia.

- Depois de usar o duche ou a banheira, arejar a divisão abrindo a porta, a janela ou colocando em marcha o extrator de ar, se disponível.

Evitar a acumulação de água e, portanto, as humidades posteriores ao uso da casa de banho tendo sempre a cortina esticada. As dobras da cortina são as partes mais suscetíveis ao bolor.

Evitar os puxões ao dobrar e desdobrar a cortina. Assim, reduzirá os danos sobre a mesma e sobre o varão de fixação. Para correr a cortina, tentar agarrá-la pela parte superior.

- Para saber o tipo de lavagem permitida é necessário consultar as indicações do fabricante. Algumas cortinas podem ser lavadas na máquina de lavar. Outras, só à mão. No caso das cortinas de poliéster é necessário lavá-las com água e sabão (nunca detergente), a uma temperatura morna a 15-20º e estender num local sem humidade (nunca passar a ferro).

- Por fim, e acima de tudo, é necessário deixar secar bem, num local ventilado, sem humidade.

 

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou
Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Antes de a aceitar, leia atentamente a nossa politica de privacidade e cookies. e escolha as suas preferências