Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Saiba como equipar a sua casa de banho com as torneiras que melhor se adaptam às suas necessidades

1. Introdução

As torneiras são um elemento imprescindível da casa de banho. Há a torneira do lavatório, do bidé, da banheira e duche… Cada uma tem características que proporcionam o maior conforto possível. O estilo do acabamento, as propriedades e o consumo de água permitem ajustar a torneira às suas necessidades.

        - 1. Torneiras de lavatório (Passo 2)
               - Opções para poupar
               - Equipamentos
        - 2. Torneiras de bidé (Passo 3)
        - 3. Torneiras de banheira e duche (Passo 4)
               - Opções para poupar
               - Torneiras termostáticas
         - Torneiras especiais (Passo 5)
         - Manutenção e limpeza (Passo 6)

Os elementos-chave

           - As torneiras têm que ser, sobretudo, funcionais para que se adaptem às suas necessidades, mas também decorativas de modo a combinar com o estilo da casa de banho.
           - Existe uma variedade de modelos diferentes que permitem poupar em água e energia, como as torneiras termostáticas de banheira ou duche e as de lavatório com dupla posição de abertura.
           - A limpeza habitual das torneiras -nunca com produtos abrasivos- é imprescindível para evitar posteriores danos e uma correta manutenção.

2. Torneiras de lavatório

O primeiro elemento que chama a atenção de uma torneira é a sua estética e o facto de combinar com o estilo da casa de banho, do móvel… Existem em diferentes acabamentos: mate, cromado brilhante, de cor, etc. Aconselhamos a escolha de uma torneira de lavatório com acabamento cromado, uma vez que impede a corrosão e proporciona-lhe brilho. As torneiras de qualidade elevada mantêm o brilho inalterável.

Convém também ter em conta a utilidade, o conforto de abertura bem como a poupança efetiva. Por exemplo, as torneiras de lavatório têm um cartucho cerâmico que evita o gotejo e garante um maior número de utilizações.

As torneiras classificam-se através da altura do seu cano:

- De cano baixo: Ideal se o seu móvel tiver um lavatório integrado.

- De cano alto: Ideal se o seu móvel tiver um lavatório de pousar.

- Encastrada: Ideal quando tem tomadas de água na parede. Oferecem a vantagem de deixar espaço livre sobre o tampo.

 

 

Opções para poupar

Escolher uma torneira que o ajude a poupar no consumo de água e energia. Para além de proteger o meio ambiente, permite reduzir as despesas na fatura. 

POUPAR ÁGUA

- Recomenda-se que equipe a torneira com um emulsor (colocando-o na boca da torneira). Este permite misturar a água com ar reduzindo o consumo de água, mas sem diminuir o conforto e a sensação de quantidade de água. Permite poupar até 50 % de água.

- Outra forma de controlar a despesa de água consiste em usar as torneiras com manípulo de dupla posição. Este tipo de torneira tem um batente de abertura a meio do curso que deixa sair apenas 50 % do caudal de água. Ao fazer pressão sobre o batente, a torneira continua a abrir e deixa passar 100 % da água. Esta opção é muito útil quando usada por crianças.

POUPAR ENERGIA

- O tipo de torneira monocomando de abertura central fria contribui na poupança energética uma vez que ajuda a reduzir o consumo de água quente. Sendo assim, ao abrir a torneira em posição central a água sai fria e não morna. Portanto, a caldeira não se acende graças a este sistema de poupança.

 

 

Equipamentos
A procura de uma estética diferente associada à tecnologia LED permite que a água tome diferentes cores em função da temperatura da água, passando de azul para vermelho à medida que a água vai aquecendo.

Mangueiras flexíveis. A mangueira é o tubo flexível que liga a canalização da água à torneira. É possível colocar na mangueira um redutor de caudal que reduz a passagem da totalidade da água na tubagem, implicando uma poupança de água até 30 %.

3. Torneiras de bidé

As torneiras de bidé são muito semelhantes às de lavatório, embora tenham menos funções uma vez que o uso é menor, e são geralmente instaladas sobrepostas (em oposição às torneiras encastradas). Podem ter uma peça móvel que permite orientar a direção do caudal de água.

 

 

4. Torneiras de banheira e duche

O primeiro ponto a ter em conta é se a torneira é para a banheira, duche ou ambos.
A instalação deste tipo de torneira deve ser mural, com fixação na parede. Deve verificar a distância entre as tomadas das canalizações na parede: a largura padrão é de 150 mm. As torneiras de banheira e duche incluem umas peças de adaptação que permitem ajustar a largura entre 125 e 175 mm.
 
Opções para poupar 
Escolher uma torneira que o ajude a poupar no consumo de água e energia. Para além de proteger o meio ambiente, permite reduzir as despesas na fatura. 

POUPAR ÁGUA

- Recomenda-se que equipe a torneira com um emulsor (colocando-o na boca da torneira). Este permite misturar a água com ar reduzindo o consumo de água, mas sem diminuir o conforto e a sensação de quantidade de água. Permite poupar até 50 % de água.

- Outra forma de controlar a despesa de água consiste em usar as torneiras com manípulo de dupla posição. Este tipo de torneira tem um batente de abertura a meio do curso que deixa sair apenas 50 % do caudal de água. Ao fazer pressão sobre o batente, a torneira continua a abrir e deixa passar 100 % da água. Esta opção é muito útil quando usada por crianças.

POUPAR ENERGIA

- O tipo de torneira monocomando de abertura central fria contribui na poupança energética uma vez que ajuda a reduzir o consumo de água quente. Sendo assim, ao abrir a torneira em posição central a água sai fria e não morna. Portanto, a caldeira não se acende graças a este sistema de poupança.
Torneiras termostáticas
Um dos tipos de torneiras de duche e banheira mais recomendados são as torneiras termostáticas. Estas torneiras têm dois manípulos: um que permite controlar a temperatura em graus e outro, para regular o caudal da água.

Permitem manter a temperatura escolhida de modo constante embora se abram outras torneiras da casa. As suas vantagens são: poupam energia (porque a caldeira demora menos tempo a aquecer a água) e poupam água (porque não há desperdício à espera da temperatura ideal).

Ter em conta que uma maior qualidade do cartucho termostático permite alcançar a temperatura desejada mais rapidamente e compensa rapidamente qualquer alteração de pressão ao abrir outras torneiras, fazendo com que a poupança de água seja muito maior.

Outros equipamentos

As torneiras termostáticas bloqueiam aos 38 graus. Este sistema de segurança evita o risco de queimaduras em crianças e adultos uma vez que só se desbloqueia carregando no botão.

Além disso, como outra opção adicional, o corpo da torneira pode permanecer sempre frio, evitando assim queimaduras.

Também pode escolher outra opção para a torneira termostática como por exemplo um redutor de caudal (para poupar no consumo de água).

As torneiras termostáticas têm a temperatura a 38º calibrada de fábrica, sendo necessário depois de instalar a torneira termostática verificar a calibragem, seguindo as instruções do fabricante, para ajustar a temperatura.

 

5. Torneiras especiais

- Temporizadas: Torneiras com pulsador que mantêm aberto a torneira durante um tempo determinado.

- Por infravermelhos: Torneiras que abrem quando detetam as mãos.

- Baterias: Torneiras com dois manípulos, um para a água fria e outro para a água quente.

- Com chuveiro extraível: Torneiras com cano extensível para facilitar ainda mais o seu uso.

 

 

6. Manutenção e limpeza

Para limpar as torneiras e manter o brilho, especialmente nas superfícies cromadas, lacadas e douradas, usar um pano macio ligeiramente ensaboado. Em seguida, enxaguar e secar com um pano seco. Não usar produtos de limpeza abrasivos, solventes, vinagre ou esfregões.

- Para remover o calcário basta secar a torneira com um pano seco após cada utilização.

- Para retirar manchas de bolor, ferrugem e vapores basta esfregar suavemente com lã de aço extra fina (n° 000).

- Em caso de saída de água obstruída, desenroscar o bocal de saída. Verificar a ausência de partículas. Em caso de calcário, deixar o bocal em vinagre ou em produto anticalcário durante 12 horas.

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou