Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Saiba mais sobre carrinhos de mão

Um meio de transporte prático

A vocação primária de um carrinho de mão é facilitar o transporte de materiais volumosos, em terrenos por vezes acidentados, assegurando ao mesmo tempo um bom conforto de uso. A prioridade deve ser portanto dada:

 

  • à maneabilidade;

 

  • à ergonomia;

 

  • à leveza;

 

  • à solidez e à capacidade.

 

 

Também deve ser tida em conta a sua facilidade de manutenção, especialmente depois de trabalhos de alvenaria, bem como a sua resistência aos produtos potencialmente agressivos como o cimento.


Conselho: Uma boa postura é essencial para usar o seu carrinho de mão com o mínimo de restrições físicas. Ao avançar, o tronco deve manter-se o mais direito possível de modo a moderar a região lombar. Se um esforço específico deve ser fornecido, é com os ombros e os braços estendidos.

 

Composição do carrinho de mão

 

O carrinho de mão utiliza o princípio da alavanca para equilibrar a carga e permitir a sua deslocação em andamento.

 

 

É constituído por três elementos principais :

 


1 - Caixa



A sua capacidade é de 80 a 150 litros, consoante os modelos, ou seja 100 a 300 kg.

 

  • As caixas em resina são muito leves e insensíveis à oxidação.  Mas a sua relativa fragilidade limita-os para pequenos trabalhos;

 

  • Os mais comuns são em aço galvanizado, mais resistentes.  A galvanização protege o metal da ferrugem e confere-lhe uma boa longevidade;

 

  • O aço revestido de tinta epóxi, anticorrosão é também muito comum.  No entanto, em caso de choque ou arranhão, uma intervenção é necessária para prevenir a ferrugem.

 

 

2 - Chassis

Peça central do carrinho de mão, determina a sua robustez.  

 

  • A maioria dos modelos tem uma estrutura tubular.   Geralmente de Ø 32 mm, podem suportar grandes esforços;

 

  • Existem também chassis em ângulo de 40 mm, mais resistentes, adequados para trabalhos mais pesados;

 

  • A presença de um batente (arco frontal) protege a roda, facilitando ao mesmo tempo a descarga do conteúdo;

 

  • Alguns chassis são especialmente reforçados (cabos, travessas) para aumentar a sua resistência com carga máxima.

 


3 - Sistema de rolamento

Uma roda única permite uma melhor manobra. Duas rodas proporcionam uma maior estabilidade.

 

  • Os modelos pneumáticos (insuflados) facilitam a condução e a travessia dos obstáculos.  No entanto, pode haver um risco de furo;

 

  • - As rodas maciças são inerentemente mais resistentes, mas de menor conforto.

 


Conselho: Estão disponíveis peças soltas para complementar o uso do carrinho de mão (pegas de plástico, chumaceiras antifricção ...) ou efetuar reparações (caixa, parafusos especiais, câmara de ar, pneus, rodas com aro...).

 

Os diferentes usos

 

Para o jardim



De preferência leve e maneável.  Podemos dispensar o batente para transportar resíduos volumosos.

 

  • Capacidade a definir consoante a superfície do jardim;

 

  • Possibilidade de escolher entre um modelo com 1 ou 2 rodas insufláveis, com aros cheios ou de raios.

 

 

 

Para a jardinagem e a alvenaria



Necessidade de um carrinho de mão versátil, leve mas resistente e estável.


Um chassis reforçado é uma vantagem.

 

 



Para os trabalhos de construção


Deve ser robusto e capaz de transportar cargas muito pesadas.

 

  • Caixa e chassis reforçados de rigor;

 

  • Pegas ergonómicas para garantir o conforto de uso e evitar bolhas;

 

  • Arco frontal indispensável.

 

 

 

Para o transporte de cargas pesadas

 

  • Melhor distribuição da carga graças às 2 rodas;

 

  • 2 rodas maciças antifuro, ideal nos estaleiros de obras.

 


Conselho: A maioria dos carrinhos de mão é fornecida pronto para uso. Existem também em kits, a montar pelo consumidor, mais fáceis de transportar num veículo.

 

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou