Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Como instalar varões

1. Introdução

As cortinas e os cortinados não são o único elemento essencial da decoração da sua casa. Os varões, os terminais e os acessórios devem combinar com o estilo da divisão e com a cortina escolhida. Nos últimos anos, a oferta tem vindo a aumentar, acrescentando aos modelos tradicionais em ferro forjado e madeira, modelos com tendências modernas, étnicas e infantis. Para além da escolha do cabo, da vareta ou do varão temos que ter em conta a escolha dos acessórios e complementos como os terminais, os suportes ou os embraces para mantê-las recolhidas. 

        - Tipos de varões: decorativos, varetas e cabos (Passo 2)
        - Varões para cortinas ligeiras (Passo 3)
        - Tipos de suporte para paredes e tetos (Passo 4)
        - Como medir a janela (Passo 5)
        - Formas de instalar o varão (Passo 6)
        - Como instalar um varão de cortina (Passo 7)
        - Como instalar um cabo (Passo 8)
        - Escolher um estilo que corresponda ao seu gosto (Passo 9)
        - Complementos dos varões (Passo 10)
        - Acessórios (Passo 11)

 

2. Tipos de varões: decorativos, varetas e cabos

Nem todos os varões servem para qualquer espaço. Dependendo do local onde se coloca a cortina e da relevância que se quer dar ao varão, podemos distinguir entre:

Varões decorativos

Têm uma função decorativa, para além da meramente prática de servir de suporte para as cortinas e cortinados. Podemos encontrá-los numa grande variedade de materiais (ferro forjado, madeira de várias cores, aço ou latão) e acabamentos (brilho, mate, envelhecido…). Devido ao seu caráter decorativo, devemos ter em conta o estilo da divisão para escolher um modelo a combinar com a decoração.  Disponíveis em vários diâmetros, os mais frequentes são os de 20, 28 e 35 mm. Também existem varões que se fixam por pressão para evitar perfurar a parede, uma solução muito útil no caso de apartamentos arrendados.

Nem todos os varões servem para qualquer espaço. Dependendo do local onde se coloca a cortina e da relevância que se quer dar ao varão, podemos distinguir entre:

 

  


Varetas

Varões específicos para cortinas pequenas ou ligeiras. Podem ser colocados entre duas paredes -aparafusados ou por pressão- e inserir-se na bainha dos cortinados. Também existem modelos extensíveis para adaptar-se a espaços com diferentes medidas. Instalam-se com a ajuda de ganchos ou suportes adesivos. Existem varetas de diferentes formas (redondos ou planos, por exemplo) e materiais (plástico, madeira, metal...). São ideais para cozinhas e casas de banho.
Os cabos também são uma opção discreta e moderna para cortinados e cortinas ligeiras, podem instalar-se tanto na parede como no teto embora tenham que ser resistentes (desaconselha-se a colocação em paredes ou tetos falsos em placas de gesso). 


 

Cabos

Não tem qualquer função decorativa uma vez que são basicamente guias metálicas ou de PVC que são colocadas no teto ou na parede para que as cortinas caiam desde cima. Têm uma parte deslizante ou de correr que, através de ganchos, seguram as cortinas e permitem esticar ou recolher as cortinas lateralmente. O sistema de abertura pode ser lateral ou central. Os cabos planos estão indicados para janelas junto ao teto, enquanto os cabos curvos são mais fáceis de adaptar às aberturas arredondadas ou em ângulo. Alguns cabos incluem na parte frontal um velcro para uma fácil colocação da sanefa.

3. Varões para cortinas ligeiras

Tipos de varão:

Escolha o varão que melhor se ajusta às suas necessidades:

1. De pressão

 

- Instala-se por pressão exercida entre duas superfícies planas sem ser necessário fazer furos
- Adapta-se a diferentes medidas
- Existe em formato plano e redondo
- Acessórios de montagem incluídos
 
2. Extensível

 

- Instala-se com umas escápulas mas existe a opção de suportes adesivos
- Adapta-se a diferentes medidas
- Existe em formato plano e redondo
- Acessórios de montagem incluídos
Recordamos: Se necessitar de suportes adesivos, terá que os adquirir à parte.

 

3. Fixo

 

- Instala-se diretamente na parede, teto ou entre paredes
- Tem medidas standard
- Grande variedade de materiais e terminais

Não esquecer: levar todos os elementos necessários para compor o seu varão de cortinas fixo:


a) Varão (a medida do varão deve ser a largura da janela + 20 cm)

 

 

b) 2 Terminais (para decorar o varão)

 

 

c)  2 Suportes (Tendo em conta que se instala o varão à parede, teto ou entre paredes. Para varões superiores a 1.80m, necessitará de 3 suportes)

 

 

d) Argolas ( 10 argolas por cada metro de varão)

 

 

 

Ou

 

 

 

Quais as medidas que se adaptam à sua janela

 

 

Ver na embalagem do varão quais as medidas disponíveis e escolher a que se ajusta melhor à sua janela.

 

 

4. Tipos de suporte para paredes e tetos

Suporte simples

 

 

1.  Escolha a posição do suporte 

 

 

2. Coloque o suporte na parede

 

 

3.  Finalize com o terminal e o varão

 

 

 

 

Suporte duplo

 

 

1.  Escolha a posição do suporte

 

 

2.  Coloque o suporte na parede

 

 

3. Finalize com os terminais e os varões

 

 

 

 

Aplicação

 

 

- Aplicação na parede

 

 

 

- Aplicação no teto

 

 

5. Como medir a janela

Antes de comprar um varão, é muito importante saber onde vai colocar a cortina e medir bem o espaço. Para o efeito, medir bem a largura da janela, da porta ou da abertura onde a cortina vai ser colocada e acrescentar no mínimo 15cm de cada lado.
Como nem todos os varões são fabricados em todas as medidas, é importante que procure um que, para além de corresponder ao seu gosto e à decoração da divisão, se aproxime da medida pretendida. De qualquer forma, é preferível ser maior do que demasiado pequeno tendo em conta que pode ser cortado, tapando o corte com os terminais decorativos.
Se colocar um varão ou uma vareta numa medida igual ou superior a 250cm, será necessário colocar 3 suportes.

 

 

6. Formas de instalar um varão

Existem três formas de instalar um varão de acordo com o espaço onde vai ser colocado. A forma de instalação é essencial para escolher o suporte correto.

Na parede. Os suportes podem ser simples, para um só varão, ou duplos para fixar dois varões paralelos. Os primeiros são ideais para janelas de correr, enquanto os segundos foram pensados essencialmente para colocar uma cortina e um cortinado.

 

 

Os suportes de parede ajustáveis permitem afastar ou aproximar o varão à distância pretendida, uma solução muito útil para, por exemplo, superar a profundidade da caixa de persiana ou do puxador de uma janela basculante. Também são indicados para poder regular o comprimento caso não saiba ao certo a distância da parede à qual quer colocar o varão.

 

 

No teto. Compostos por uma argola na qual se coloca o varão e uma base que se fixa ao teto. Este tipo de instalação é indicado para janelas junto ao teto ou no caso em que seja necessário superar uma caixa de persiana.

 

 

Entre duas paredes. Bases para fixar em paredes opostas. Têm uma parte inferior na qual se encaixa o varão, aconselhando-se o seu uso em janelas embutidas.

 

 

Num ângulo. Os acessórios de cotovelo unem as barras de duas paredes em ângulo.

 

 

7. Como instalar um varão de cortina

Marcar com um lápis a altura de colocação da cortina e os pontos de fixação dos suportes. Os dois suportes devem ficar equidistantes ao caixilho da janela.

Realizar os furos no lugar assinalado e instalar os suportes.
Colocar o varão e inserir a cortina. Deixar sempre uma argola entre o terminal e o suporte. 
Apertar os parafusos do suporte e do terminal com uma chave allen. 

 

8. Como instalar um cabo

Os cabos são uma solução muito versátil, especialmente indicados para colocar sobre a caixa de uma persiana ou uma janela inclinada. Caso queira contornar uma caixa de persiana, será necessário usar uns esquadros para separá-lo da parede.

Marcar com um lápis os pontos de fixação dos suportes. O número de suportes varia consoante o comprimento do cabo. Para cabos superiores a 2m, recomenda-se a colocação de pelo menos três pontos de fixação (dois nas extremidades e um no meio) e para os de 2,5 e 3m quatro suportes.
Realizar os furos no lugar assinalado.
Colocar as buchas e aparafusar o cabo às extremidades dos suportes.
Colocar os ganchos nos orifícios da cortina para, posteriormente, engatá-los um a um no cabo.

 

9. Escolher um estilo que corresponda ao seu gosto

O tipo de quarto, a decoração, o tipo de casa, o estilo da cortina... determinam o estilo do varão e dos seus acessórios e complementos. Nos últimos anos, a gama diversificou-se e é possível encontrar peças de todas as tendências que se juntam aos modelos convencionais de madeira e ferro forjado.
O material e o acabamento é um dos fatores que marcam o estilo do varão. Assim, os acabamentos cromados e de madeira de diferentes cores identificam-se sobretudo com ambientes modernos.

 

 

 

As decorações rústicas combinam normalmente com o ferro forjado em preto, óxido ou branco ou com a madeiranas suas cores originais, em crema ou efeito decapado.
Os novos acabamentos e terminais em madeiras exóticas como teca ou bambu encaixam em ambientes étnicos, coloniais ou de inspiração oriental. 

 

 

10. Complementos dos varões

Para além dos varões, é necessário adquirir uma série de complementos necessários para a sua instalação:

Terminais. No caso dos varões decorativos, é necessário adquirir dois terminais decorativos para colocar em cada extremidade do varão. Muitos varões comercializam em jogo os seus terminais e é possível encontrá-los de várias formas, cores, materiais e tamanhos. Lembre-se que se trata da parte mais visível de todo o conjunto.

 

 

 

Para os quartos infantis, existe uma infinidade de motivos: estrelas, animais, flores… que existem em tons pastel e cores vivas.
 

 

 

Argolas. Necessárias para prender as cortinas se o varão não estiver equipado de presilhas ou ilhós. As argolas devem ter o mesmo diâmetro que o varão e convém deixar uma argola entre cada terminal e o suporte para poder levar a cortina até às extremidades. Para conseguir um bom caimento das cortinas, o ideal é colocar uma argola por cada 10cm de varão. Há diferentes tipos de argolas, cada uma com um tipo de fixação.

 

 

 

Suportes. É necessário colocar dois ou três suportes para fixar o varão. Dois se o varão tiver um comprimento inferior a 2,5cm e três se igual ou superior a essa medida. Existem diferentes tipos de suporte consoante o tipo de instalação: de parede, de teto ou entre paredes. 

 

11. Acessórios

Os acessórios não são necessários mas podem ser adquiridos para cumprir diversas funções e cumprir uma função decorativa adicional.



Embrace ou braçadeiras. Recolhem a cortina para deixar a janela livre.

Puxadores. Varinha metálica para correr e recolher as cortinas.

Uniões. Permitem unir dois varões para duplicar o seu comprimento.

Cotovelos. Unem os varões de duas paredes em ângulo.

Borlas e galões. Acessórios decorativos para personalizar as cortinas.

 

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou
Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Antes de a aceitar, leia atentamente a nossa politica de privacidade e cookies. e escolha as suas preferências