Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

Introdução

Com o tempo, a relva cobre-se de folhas mortas, musgo e raízes. Deixada assim, esta feltragem asfixia o solo e gera uma acidez excessiva. Com uma passagem duas vezes por ano, na primavera e no outono, o escarificador mantém o relvado saudável.

- Funcionamento (Passo 2)
- Diferentes usos (Passo 3)
- Critérios de escolha (Passo 4)
- Utilização e manutenção (Passo 5)

Funcionamento

O escarificador é uma espécie de corta-relvas com ganchos ou facas afiadas, em vez de uma lâmina. Montados num eixo horizontal com grande velocidade de rotação, incisam a terra em poucos milímetros.

- Os ganchos são eficazes contra o musgo.
- As facas têm ainda a vantagem de cortar e triturar os resíduos vegetais.
 
Período ideal de escarificação

- Após os primeiros cortes de relva na primavera para limpar a relva.
- No início do outono para fortificá-la e eliminar as ervas mortas (palhiça).

Antes da passagem do escarificador, o feltro vegetal cria um obstáculo aos elementos vitais: ar, água e sol. Após a limpeza, o terreno parece lavrado, mas respira novamente, as marcas desaparecem e o relvado recupera a sua bela aparência.
 
Conselho: O corta-relvas desempenha um papel fundamental no crescimento da relva mas não elimina os novos rebentos e raízes superficiais. Daí a utilidade do escarificador.

Diferentes Usos


 

Arejador e escarificador

- Os arejadores, com dentes ou ganchos, para a limpeza superficial de um relvado inferior a 300 m².
Estão equipados de um motor elétrico de 600 a 750 W em média.
- Os escarificadores propriamente ditos, com facas, que exercem uma dupla ação, para a eliminação do musgo, a destruição e a limpeza dos resíduos vegetais e das ervas daninhas.
Mais potentes que os arejadores, estão disponíveis com duas motorizações: elétrica de 1000 a 1800 W, e a gasolina de 1,8 a 5 CV (144 a 160 cm3 de cilindrada).


 

Escarificador elétrico

- Para uma dupla ação num relvado inferior a 500 m²: um escarificador elétrico é necessário.
- 1000 ou 1100 W para um relvado inferior a 300 m².
- 1300 a 1800 W para relvados superiores.
- Para uma superfície mais importante, 500 m² ou mais: um escarificador a gasolina oferece uma completa autonomia.
 
Conselho: O relvado é inferior a 100 m²? Um escarificador manual pode ser suficiente.

Critérios de escolha

Dentes, ganchos ou facas 

O seu número influencia a eficácia do aparelho.

- Arejadores: 20 dentes ou 42 ganchos.
- Escarificadores: 9 a 38 facas.

Os modelos em aço temperado são os mais resistentes ao uso.
 
Profundidade de trabalho

- A escarificação é praticada a alguns milímetros de profundidade.
- Uma grande capacidade de penetração (2,5 a 5 cm) só é interessante se o aparelho puder ser utilizado como arejador (rolos intercambiáveis).
 
Guiador

- Os arejadores e escarificadores estão todos equipados de um guiador dobrável, prático para a arrumação.
- Alguns modelos possuem um guiador ajustável em altura que otimiza o conforto de trabalho.
 
Caixa de recolha

 
- Algumas máquinas já estão equipadas com ela, outras disponibilizam-na em opção.
- Uma grande capacidade (30 a 60 litros consoante os modelos) é uma vantagem.
 
Conselho: Se o aparelho não possuir uma caixa de recolha, duas soluções: apanhar os resíduos à mão ou utilizar o corta-relvas com a sua caixa. A largura de trabalho (30 a 50 cm) é sobretudo determinante em grandes superfícies.

Utilização e manutenção

 Na prática

- Respeitar uma distância de segurança de 15 m com qualquer outra pessoa.
- Afastar sistematicamente as crianças e os animais domésticos.
- Escarificar por passagens cruzadas (ida e volta).
- Num terreno inclinado, deslocar-se paralelamente à inclinação.
 - Após ter terminado o trabalho, escovar os ganchos ou facas para retirar os resíduos (uso de luvas obrigatório) e nunca limpar com água.
 
Escarificador elétrico
 
- Para evitar seccionar o cabo, colocá-lo ao ombro.
- Trabalhar afastando-se progressivamente do local de ligação.
- Cortar o motor e desligar o cabo antes de qualquer intervenção no aparelho.
 
Escarificador a gasolina
          

- Nunca fumar próximo do aparelho: durante as utilizações, o enchimento ou a manutenção.
- Afastar os produtos inflamáveis da área de trabalho.
- Proteger os ouvidos.
- Antes de qualquer intervenção, retirar a vela (ou o seu fio) do motor: limpá-la e verificar o seu afastamento (0,5 mm). Substitui-la quando os seus elétrodos apresentam sinais de desgaste avançado.
- Após trinta horas de utilização, limpar o filtro de ar.
- Controlar regularmente o nível de óleo: primeira mudança de óleo após 20 horas.

Conselho: Os escarificadores elétricos estão sujeitos à taxa ambiental. O montante dessa taxa (geralmente baixa) está indicado por baixo do preço de venda. Atingido o fim do ciclo de vida, estas ferramentas devem ser colocadas num ponto de coleta associado a uma rede de reciclagem. Nunca deitar no lixo.

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou