Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

Introdução

Complemento essencial do corta-relvas para os trabalhos de acabamento do jardim, o aparador de relva corta com precisão nos locais com mais difícil acesso. Elétrico, sem fio ou térmico, a escolha do modelo depende da importância dos trabalhos de manutenção.

- Composição e usos (Passo 2)
- Diferentes modelos (Passo 3)
- Acessórios (Passo 4)
- Conselhos de utilização (Passo 5)

Composição e usos


                               Manejável e leve

Usos
Ferramenta indispensável para os trabalhos de acabamento do jardim, o aparador de relva vai onde o corta-relva, autotransportado ou não, não chega.

- Contorno das árvores, borda dos passeios e dos maciços, taludes...

- Para trabalhos maiores, utilizar uma roçadora elétrica ou térmica.

Composição
A ferramenta é composta por um cabo com duas pegas e uma cabeça de corte motorizada.
O motor aciona uma bobina de fio de nylon com um diâmetro pequeno. É esse fio que, girando a grande velocidade, realiza o corte.

- A cabeça de corte está equipada de uma cobertura de proteção contra as projeções de erva, pedras, terra e possui 1 ou 2 saídas de fio consoante o modelo, para uma largura de corte de 20 a 40 cm.

- O fio avança e substitui-se à medida do seu desgaste 3 tipos de avanço: por impacto no solo, automático, na pega.
 
- A pega traseira (ou alta) integra o gatilho ON/OFF.

- A segunda pega, ajustável e colocada na parte superior, ajuda a controlar o corte.

Conselho: As bobinas de fio têm uma capacidade de 4 a 15 m.
 

Diferentes modelos


       Quanto mais elevada é a potência, maior é a rapidez de trabalho.
 

Aparador de relva com bateria
A potência de motorização condiciona as capacidades de corte, escolher o aparador de relva em função das suas necessidades.
Vantagens: autónomo e mais leve (1,65 a 2 kg). 
Uso: para pequenas superfícies.

- Duas potências de bateria: 18 V (jardim inferior a 400 m²). 36 V (jardim de 400 m² ou mais).
- Autonomia: 30 a 60 min, consoante os modelos.
- Tempo de recarga: 45 min a 3 h. 
- Colocada na pega alta, a bateria é fácil de retirar e colocar depois de carregada.
- A segunda pega, ajustável e colocada na parte superior, ajuda a controlar o corte.

 


 

Aparador de relva elétrico
A ligar à rede elétrica, potência ente 300 e 1000 W. 
Pesa em média 2 a 3,5 kg (4,5 kg no máximo).

- Para retocar as beiras de um relvado bem cuidado, um modelo de 300 W basta.
- Para cortar ervas daninhas após o corte da relva: contar entre 400 e 700 W.
- Para ervas grossas, pequenos matagais, um grande jardim: prever 800 a 1000 W.
 

Aparador de relva térmico

- Motor 2 tempos (a gasolina) de 22 a 30 cm3.
- Potência: 1 CV.
- Para os grandes trabalhos de manutenção distantes da habitação.


 

Para um maior conforto

- Pegas bastante largas para mãos com luvas.
- Um tubo telescópico permitindo adaptar o seu comprimento ao seu tamanho.
- Um avanço automático do fio.
- Uma cabeça giratória para trabalhar sob todos os ângulos, incluindo o corte das bordas (na vertical), sem torcer as pegas.
- Um batente (estribo) na parte frontal da cabeça para não danificar a casca das árvores ou cortar as flores na beira dos maciços.
- Uma argola para arnês para um conforto de trabalho acrescido.
- Uma roda orientável, simples ou dupla, para deslocações mais fáceis. Alguns modelos utilizam patins de orientação.

Conselho: Para acabamentos cuidados ou a prática da arte da topiária, utilizar a tesoura com bateria. Segurá-la à mão ou adaptar um tubo telescópico (partes difíceis de acesso).

Acessórios


Acessórios

Diâmetro do fio
Varia de 1,2 a 2,4 mm em função do modelo e da potência do aparador de relva.

Em rolo ou em bobina

Com uma ou duas saídas a fixar por aperto ou encaixe debaixo da cobertura de proteção.

Conselho: Cuidado com o sentido do rebobinamento com o fio em rolo. Com um aparador de relva com bateria, um carregador suplementar permite duplicar (ou até mais) a autonomia do aparador de relva.
 

 

Conselhos de utilização

- Apesar da cobertura de proteção, usar botas de cano alto e eventualmente óculos ou uma viseira.
Risco de projeção de pedras.
- Sempre respeitar as recomendações do fabricante (manual de instruções), em particular com um motor a gasolina.
Risco de queimadura e explosão.
 - Nunca intervir num aparador de relva elétrico sem o desligar previamente.
Utilizar imperativamente uma extensão elétrica isolada, indispensável num terreno húmido.

Conselho: Os aparadores de relva elétricos ou com bateria estão sujeitos à taxa ambiental. O montante dessa taxa está indicado por baixo do preço de venda. Atingido o fim do ciclo de vida, estas ferramentas devem ser colocadas num ponto de coleta associado a uma rede de reciclagem.

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou