Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

Sistemas de desinfeção economizadores de água

Os sistemas alternativos ao cloro, como o oxigénio ativo ou o sal, permitem-lhe manter a água sem ter que a substituir até 6 anos, e assim poupar litros e litros de água por ano.

Desinfetante de oxigénio ativo

 

Se usar oxigénio ativo em vez de cloro para desinfetar a piscina, não será necessário renovar a água durante três anos, permitindo-lhe poupar entre 50.000 e 80.000 litros por ano.

 

É inócuo e inodoro e permite obter uma excelente qualidade de água para o banho, uma vez que não irrita a pele nem os olhos.

 

É muito fácil passar do cloro para o oxigénio ativo, já que é 100 % compatível com os sistemas de depuração e os produtos habituais de tratamento químico (algicidas, floculantes, reguladores de pH...).

 

 

 

Clorador salino

 

Também pode usar um equipamento de desinfeção salino, que gera cloro natural a partir do sal e consegue uma água de alta qualidade e livre de químicos.

 

Este sistema permite conservar a água sem ter que a substituir durante 5 ou 6 anos. É um tratamento muito simples que permite manter a sua piscina em perfeitas condições e esquecer os problemas associados aos produtos químicos, como os olhos vermelhos, a desidratação da pele e o cheiro a cloro.

 

Passar do cloro para a cloração salina também é um processo muito simples. Não precisa de substituir a bomba, o filtro ou a depuradora, e o clorador salino adapta-se facilmente ao compartimento de depuração da imensa maioria das piscinas.

 

 

 

Como funciona?

 

  1. A água é sugada pela bomba;
  2. Passa pelo filtro, que elimina as impurezas e elementos externos (folhas, terra...);
  3. Chega à célula eletrónica, onde tem lugar o processo de eletrólise que transforma o sal num potente desinfetante;
  4. A água volta à piscina através das válvulas de descarga.

 

 

Limpeza eficiente

A água da piscina recebe constantemente partículas, pó, folhas ou sementes que em muitos casos aderem às paredes ou ao fundo. Para mantê-la limpa, precisa de um limpa-fundos.

Usar o limpa-fundos automático

 

Ao usar um limpa-fundos manual, a sua piscina perde água e obriga-o a atestá-la. No entanto, se escolher um automático, a água é devolvida à piscina, com a consequente poupança em água e em produtos químicos.

 

Além disso, o uso de um limpa-fundos automático permite poupar mais de 20 % de água na lavagem do filtro. No caso dos limpa-fundos elétricos, que são silenciosos, totalmente autónomos, não requerem tomada de aspiração e filtram por eles próprios.

 

Os limpa-fundos com bateria são uma outra opção caso a sua piscina seja pequena e não tenha depuradora.

 

 

Evita a evaporação

Evaporação

 

O calor do sol faz com que a água da piscina se evapore lentamente. Embora não se note no dia-a-dia, com o passar do tempo, o facto de ter que a atestar supõe um gasto de água que se nota na fatura. Pode evitá-lo colocando uma cobertura.

 

 

Cobertura de verão

 

Se cobrir a sua piscina com uma cobertura de verão durante a época de uso, reduz a perda de água por evaporação em 70 % e, por conseguinte, não terá de a atestar.

 

Para além da poupança de água que representa, este produto tem outras vantagens. É capaz de manter e subir a temperatura da água durante o dia (entre 3 e 8 graus) e, durante a noite, reduzir o seu arrefecimento.

 

Também protege a piscina da sujidade.

 

 

Atento à hibernação (ou invernagem)

Invernagem

 

A invernagem é um conjunto de tarefas destinadas a preparar a água da sua piscina para passar o inverno sem perder propriedades.

 

Se o fizer corretamente, poupará muitos litros de água ao ano, ao não ter que a atestar a cada temporada.

 

 

Produtos para a hibernação da piscina

 

Ao usar um produto de hibernação para a piscina, garante a conservação da qualidade da água durante o inverno, não sendo necessário esvaziá-la e voltar a enchê-la na próxima temporada.

 

É muito fácil de usar e irá ajudá-lo a poupar uma grande quantidade de água.

 

 

Coberturas de inverno

 

Se também colocar uma cobertura, irá evitar a evaporação da água durante a primavera e não terá de a encher quando quiser voltar a desfrutar da sua piscina. Trata-se de uma lona de poliéster revestida com PVC que cobre a água e a isola do exterior.

 

Além de evitar a evaporação, repele a sujidade evitando o entupimento dos tubos de escoamento, e impede que a água congele durante as noites frias de inverno, podendo provocar fissuras na piscina. Também bloqueia os raios do sol, pelo qual proliferam os micro-organismos que sujam a água, sem esquecer que representa um elemento de segurança para as crianças.

 

Também existem coberturas automáticas, tipo persiana, mais cómodas de usar.

 

 

Conselhos para poupar a água da piscina

Dicas

 

  • Colocar uma cobertura de verão:  reduz a perda de água por evaporação em 70 % e ajuda a manter a temperatura alcançada durante o dia;

 

  • Combinar na limpeza do filtro o uso de ar e água;

 

  • Usar um limpa-fundos automático: permite poupar mais de 20 % de água na lavagem do filtro;

 

  • Detetar as fugas para repará-las imediatamente. Uma fuga que perde uma gota de água por segundo fará perder 8m3, isto é, 8.000 litros por ano;

 

  • Não esvaziar a piscina durante o tempo de inatividade. Colocar uma cobertura para piscinas, quer seja automática (tipo persiana) ou manual (cobertura de inverno);

 

  • Lavar os filtros quando necessário. Recomenda-se reduzir a lavagem do filtro a 2 minutos (lavagem) + 0,5 minutos (enxaguamento);

 

  • Aproveitar a água da lavagem do filtro e do chuveiro para outros usos guardando-a num depósito;

 

  • Quando for preciso encher a piscina, fazê-lo com água da chuva que pode armazenar num depósito pluvial;

 

  • Em piscinas interiores climatizadas: aproveitar a água de condensação do equipamento de climatização e devolvê-la diretamente para a piscina.

 

Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou