Escolha a sua loja

Para continuar a navegar no nosso site por favor escolha a sua loja de preferência

Escolher

FAÇA VOCÊ MESMO

Descubra as vantagens de uma casa bem isolada

1. Isolamento térmico : o que é e quais as vantagens ?

 

É simples. O isolamento térmico isola-nos do calor no verão (mantendo a casa fresca) e do frio no inverno (mantendo a casa quente), sem que seja necessário recorrer a equipamentos de climatização (como aquecedores, radiadores, ventoinhas e sistemas de ar condicionado). Uma casa bem isolada permite-nos poupar energia e beneficiar de conforto térmico, todo o ano.

 

Um isolamento térmico eficiente limita as perdas e trocas de calor do interior com o exterior da casa.  Até 25 % da energia escapa pelas paredes e tetos das casas mal isoladas. Um desperdício que obriga a um aumento do consumo em aquecimento e ar condicionado para além de multiplicar as emissões de CO2, diminuindo também o conforto da nossa habitação. Para compensar estas perdas, a solução é otimizar o isolamento da nossa casa. Esta melhoria proporciona numerosas vantagens:

 

  • Manter a temperatura ideal : Um cm de material isolante é tão resistente às perdas de temperatura como um muro de cimento de 0,5 m de espessura;
     
  • Poupar na fatura : Minimizar as perdas traduz-se numa poupança ao ajustar as despesas com o aquecimento e o ar condicionado;
     
  • Reduzir a pegada energética :  Ao reduzirmos o consumo de energia, estamos também a reduzir a emissão dos gases estufa;
     
  • Evitar a humidade e a condensação : Os isolamentos com barreira de vapor como os refletores ou o poliestireno extrudido contêm o vapor de água presente no ar. Além disso, mantêm as paredes e tetos secos evitando assim a sua deterioração;
     
  • Reduzir o ruído : Alguns materiais de isolamento térmico como a lã de rocha, ou os painéis de algodão ou de fibra de madeira melhoram também o isolamento acústico da nossa habitação.

 

  • Ganhar espaço útil : Isolar algumas zonas da casa como sótãos, águas furtadas ou caves permite  tornar habitáveis zonas desaproveitadas !

 

 

2. Por onde começar a isolar a casa ?

 

A escolha do tipo de isolamento para a sua casa depende da zona que queira isolar (paredes interiores, fachadas, tetos/coberturas ou chão) e o tipo de instalação.

 

Perdas de calor em percentagem para cada parte da casa

 

  • Estima-se que  30% do calor numa casa mal isolada se perda através dos sótãos e telhados. Estas são as áreas prioritárias a isolar, pois naturalmente o ar quente sobe para o topo da casa;

 

  1. Está a refazer o telhado ? Isole pelo exterior. Coloque os painéis isolantes entre a estrutura e o telhado. Benefício: é criada uma barreira de calor que preserva o espaço e o charme da estrutura original.
     
  2. Está à procura de uma solução simples? Isole pelo interior. Rolos e painéis são fixados debaixo da estrutura.  Coloque uma barreira de vapor entre o isolamento e o acabamento. Benefício: solução eficiente e mais económica.
     
  3. Os seus sótãos são inacessíveis ? Isole o chão do sótão. Benefício: Uma solução rápida e de baixo custo que vale a pena.

 

> Veja como isolar um sótão

 

 

  • De seguida, isole as suas paredes, de onde se perde  20 a 25% do calor. Comece pelas fachadas mais frias a norte, seguidas das expostas à chuva a oeste, protegendo-as assim contra a humidade;

 

  1. Não quer/ não pode alterar a sua fachada ? Isole as paredes pelo interior. O isolamento é colocado em cada divisão nas paredes em contacto com o exterior. Pode aproveitar para colocar isolamento termo-acústico para melhorar também a proteção contra o ruído. Benefício: Uma técnica eficiente que pode ser feita por fases.
     
  2. Não se importa de alterar a fachada  ? Isole as paredes pelo exterior com o sistema ETICS. Benefício: uma armadura contra o frio e pontes térmicas, que preserva o volume interior da casa.

 

> Aprenda a isolar as suas paredes interiores

 

 

  • Pense nas suas portas de entrada e janelas. Uma instalação e materiais de qualidade vão melhor o desempenho térmico e acústico de sua casa.
     
  • Considere também isolar o seu pavimento, principalmente em pisos térreos ou caves, onde devem ser combinados materiais isolantes e impermeabilizantes (devido à humidade do solo).

 

 

3. Lutar contra as pontes térmicas

 

As pontes térmicas são as zonas onde existe uma descontinuidade da barreira isolante (sobretudo na junção de paredes e pavimentos) e se verifica a fuga de grandes quantidades de calor ou frio devido ao efeito de contraste entre o ar quente e o frio exterior.  Criam zonas frias e favorecem o aparecimento de bolor e  condensação. Para detetar estas zonas frágeis, procure passagens de ar, aberturas e juntas que estejam mal seladas. Um sistema de isolamento deve ser feito de forma contínua, selando cuidadosamente todos os pontos de junção da estrutura.

 

Exemplos :

 

  • Ligações com espaços exteriores
  • Caixas de estore
  • Uniões entre os telhados e as fachadas
  • Uniões entre as fachadas e o solo
  • Pilares

 

Nota: Uma casa bem isolada também implica uma necessidade acrescida de circulação de ar para que este se possa renovar. Para combater poluição interior, humidade e bolor, estude as suas hipóteses de equipamentos de ventilação.

 

 

4.  Aspetos a ter em conta na escolha do seu isolamento térmico

 

  • Condutividade Térmica

 

A condutividade térmica é a capacidade de um material para transmitir calor e expressa-se com o coeficiente λ seguido de um valor inferior a 0,060. É um valor que deve estar sempre incluído na etiqueta do produto e é independente da espessura do material. Quanto menor o coeficiente λ, mais eficiente é o isolamento. 

 

  • Resistência Térmica

 

Ao escolher um tipo de isolamento deve ter em conta a sua resistência térmica (R) que está indicada na etiqueta. A resistência térmica mede a capacidade do material para evitar a passagem do calor e do frio. Depende da espessura e da condutividade do material. Quanto maior é a resistência, maior é a eficiência do isolamento. Assim, materiais diferentes com a mesma espessura vão ter capacidades isolantes diferentes. Ao adicionar camadas de isolamento, a resistência térmica aumenta. (É considerado que os acabamentos interiores e exteriores têm um R negligenciável comparado com os materiais de isolamento.)

 

Na LEROY MERLIN distinguimos basicamente quatro níveis:

 

Escada de resistência térmica

 

O básico é recomendado para fortalecer o isolamento já existente, enquanto o superior é indicado para novas construções ou casas sem isolamento.


Além da resistência térmica, temos de levar em conta outros aspetos: se a zona de isolamento é húmida (para optar por um material impermeável), se a zona suporta peso, qual a sua reação do isolante ao fogo ou se precisa de uma barreira de vapor (resistência à passagem de vapor de água).

 

 

  • Tipos de Materiais e Formatos

 

A tecnologia dos materiais desenvolveu uma vasta gama de isolantes sintéticos e naturais, específicos para eliminar as pontes térmicas em cada zona crítica da casa. 

O formato determinará o tipo de instalação. Nem todos os formatos são adequados para todos os tipos de obra:

 

  • Placas ou painéis: Podem ser rígidos ou semirígidos. Em ambos os casos necessitam de ser fixados ao suporte, seja com cola de montagem, cimento cola ou ferragens específicas. Sobre as placas pode aplicar-se uma argamassa, preferencialmente com uma rede de reforço e, sobre esta, o acabamento.

 

  • Rolos, mantas e paineís flexíveis: tanto os isolamentos ecológicos como dos de origem mineral podem colocar-se sobre perfilaria, numa câmara entre as paredes e placas de gesso cartonado. Também se podem instalar entre as ripas de pavimentos de madeira ou tetos falsos. Em posições verticais colocam-se com fixações específicas.

 

  • Granulados e fibras : É possível preencher cavidades e câmaras de ar inacessíveis com  este tipo de materiais, como a celulose. A aplicação exige equipamentos e proteções especiais, já que a sua inalação é nociva para a saúde.

 

  • Espuma: Uma câmara de ar é insuflada com espuma expansiva através de máquinas especiais para o efeito. Pode ser aplicado pelo exterior ou pelo interior. É o mesmo sistema utilizado em pequeno formato para colocar aros de portas e janelas ou preencher falhas.

 

 

Cada material é indicado para um local de aplicação  específico: desde isolamento para chão, paredes interiores, fachadas ou coberturas.

Existem alguns materiais que, para além de serem isolantes térmicos, cumprem uma função extra, como isolar acusticamente ou evitar a condensação. 

 

Falamos dos mais comuns :

 

Isolamento termo-acústico

 

  • Lã de rocha

As lãs minerais apresentam um bom comportamento térmico e acústico, o que as torna muito versáteis quando se quer melhorar o isolamento geral de uma casa sem entrar em obras mais específicas. São fáceis de manusear, colocam-se facilmente e o seu custo é moderado. Pode encontrá-las simples ou revestidas de diferentes materiais como o papel kraft, para aumentar a sua resistência à humidade, ou alumínio, para conseguir uma maior resistência.

A lã de rocha pode apresentar-se em forma de manta, painel flexível ou rolo composto por fibras de rocha de origem vulcânica, que se obtêm aquecendo a rocha a temperaturas muito altas e misturando-a com aglomerantes.

Pode usá-la em coberturas, fachadas, pavimentos, tetos falsos, sótãos ou divisórias interiores.

 

 

  • Lã de vidro

Com um formato similar à lã de rocha, este material surge da fusão de areias. Como a anterior, é ignífuga, mas fornece um melhor isolamento acústico que a lã de rocha e resiste melhor à humidade. Para diferenciar as duas, a lã de vidro tem uma cor amarelada e a lã de rocha, uma cor acinzentada.

Como a lã de rocha, é adequada a quase todas as utilizações que não estejam submetidas a muita humidade.

 

 

  • Aglomerado de cortiça expandido

 

Um produto para contrução sustentável de origem 100% natural e 100% reciclável. Alto desempenho termo-acústico e anti-vibrático.

 

Isolamento térmico

 

  • Poliestireno expandido (EPS)

É um material sintético muito denso, com baixa condutividade térmica e que não requer uma grande espessura para oferecer uma boa resistência térmica. É um dos materiais mais usados para isolar habitações: tem uma alta capacidade isolante com uma menor quantidade de material usado.

Encontra-se em forma de painel (placa) de diferentes espessuras ou em granulado para preencher buracos. 

É mais adequado para  utilização em divisões interiores e coberturas (tanto planas, como inclinadas), sempre que estas estejam impermeabilizadas. Não é adequado para pavimentos.

 

 

  • Poliestireno extrudido (XPS)

Tem características similares ao EPS, com a diferença que se pode molhar sem problemas, já que ´é muito pouco absorvente. A sua resistência à humidade, aliada à capacidade de aguentar pesos sem deformações e à sua baixa condutividade térmica,  torna-o  o material mais usado no isolamento de vivendas. O XPS tem uma densidade muito alta, o que faz com que as suas placas sejam estreitas e ocupem pouco espaço.

Pode adquiri-lo em forma de placa com cantos lisos, escalonados ou com entalhe para facilitar a sua colocação.

Pode usá-lo em fachadas, pelo interior ou pelo exterior; em coberturas ou muros de sótãos enterrados.

 

 

  • Refletores

São rolos formados por uma ou várias camadas, de espessura variável, com bolhas de polietileno entre várias camadas de alumínio. São ideias para zonas climáticas com temperaturas mais uniformes, sem invernos rigorosos ou verões excessivamente quentes, já que a sua capacidade isolante se baseia na câmara de ar que proporcionam.

O ideal é colocá-los sobre ripas de madeira em divisórias, coberturas inclinadas ou tetos falsos agrafados ao suporte. Sobre esta camada poderá colocar-se outra ripa onde se pode fixar, por exemplo, painéis de fibra-gesso. Cria assim uma dupla câmara de ar que aumenta o poder isolante. 

PRODUTOS EM DESTAQUE

5. Quero isolar a minha casa: pelo interior ou pelo exterior ?

 

ETICS (External Thermal Insulation Composite System ), conhecido também como "capoto",  é um sistema de isolamento térmico pelo exterior que é reconhecido como uma das novas soluções térmicas mais eficientes, tanto para casas novas como para renovações. Evita a criação de pontes térmicas e cumpre com os requisitos cada vez mais exigentes  da regulamentação. 

 

Pessoal a aplicar isolamento térmico pelo exterior

 

 

6. A importância da instalação

Tranformar uma casa num envelope hermético com boa circulação do ar, requer uma instalação cuidadosa, contínua e profissional, desde o telhado às fundações da casa; para limitar pontes térmicas e proteger o isolamento da humidade e pressão.

Barreiras de vapor, isolamento térmico de alto desempenho, calafetagem, acabamentos meticulosos... Para que um sistema de isolamento seja verdadeiramente eficiente todas as partes da casa em contacto com o exterior devem ter uma barreira isolante implementada de acordo com os requisitos técnicos.

Não esqueça portas, janelas, condutas e os pontos mais frágeis, como juntas e pequenas aberturas.

 

Veja as condições de instalação de isolamento na LEROY MERLIN 

 

 

7. Outras soluções a longo prazo

 

  • Substitua as as suas janelas. Tenha em atenção que vidros duplos só são eficientes se o resto da casa  estiver bem isolado;

  • Já tem isolamento na sua casa ? Isolamento antigo, danificado ou acumulado no fundo das paredes é ineficiente e deve ser substituído.

  • Coloque uma base isolante sob o seu pavimento, evitando chãos frios no inverno;

  • Isole as suas chaminés ou feche as suas lareiras, são equivalentes a uma janela sempre aberta !

  • Coloque toldos  nas suas zonas exteriores para se proteger do calor no verão.

 

 

8. Dicas e soluções rápidas

 

  • Use selantes para vedar as suas portas e janelas. Verifique se selantes já aplicados precisam de reparação;
  • Utilize fitas de calafetagem e veda-portas  para evitar correntes de ar;
  • Aplique isolamento fino nas caixas dos estores;
  • Instale um equipamento de aquecimento de água com isolamento;
  • Isole os seus canos de água quente;
  • Instale isolamento refletor atrás de radiadores de aquecimento central;

 

COMO ESCOLHER ISOLAMENTO TÉRMICO E ACÚSTICO

VEJA TODOS OS NOSSOS PRODUTOS

PARTILHE ESTA PÁGINA

Share Facebook Share Twitter Share Pinterest Share whatsapp Share email
Escolher Loja

Para continuar a navegar no nosso site
por favor escolha a sua loja de preferência

Usar a minha localização actual
ou